Suboficial da reserva da Marinha é morto a tiros após tentar separar briga

Maurício da Silva Gomes foi baleado com sua própria arma na tarde desse domingo.

Da redação,
Redes sociais
Maurício foi morto a tiros com a sua própria arma na tarde desse domingo em um posto de combustíveis no bairro de Cajupiranga, em Parnamirim.

Um suboficial da reserva da Marinha, identificado como Maurício da Silva Gomes, de 63 anos, foi morto a tiros neste domingo (23) em um posto de combustíveis às margens da RN-313, no bairro de Cajupiranga, em Parnamirim, na Grande Natal. Segundo a polícia, ele levou seis tiros e morreu no local, antes mesmo da chegada do socorro médico.

Militares que atenderam a ocorrência revelaram que ele estava no carro com a esposa vindo de uma chácara e parou para abastecer, por volta das 16h30. Maurício então percebeu que estava acontecendo uma discussão entre o filho de um frentista e outro homem e resolveu tentar impedir a briga.

Maurício estava armado e no momento em que tentava separar a briga, sua arma caiu no chão. Neste instante, o homem que estava discutindo com o filho do frentista pegou a arma e disparou seis vezes contra Maurício, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Policias revelaram que o autor dos disparos estava sob efeito de drogas. Após o crime, ele foi contido e agredido por populares até a chegada da Polícia Militar. O homem foi levado ao Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim e em seguida foi levada a Central de Flagrantes, em Natal.

Tags: Polícia
A+ A-