Servente que matou homem com balde cheio de areia é preso em Caicó

Betinho foi encontrado morto na quarta-feira (28). O Acusado de cometer o crime disse que teria matado Betinho porque ele estaria assediando sua esposa.

Redação,
Um crime inusitado chamou a atenção dos moradores de Caicó. Roberto Alves dos Santos, o Betinho, 25, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (29), em um terreno baldio no Bairro João XXIII, naquele município. Betinho estava desaparecido, de acordo com os seus familiares, desde o último domingo (26). Seu corpo foi encontrado em adiantado estado de decomposição.

O acusado de ter cometido o crime, o servente de pedreiro Jackson Ricardo dos Santos, 21, foi preso nesta quarta-feira (29). Ele confessou o crime à polícia e disse que teria matado Betinho porque ele estaria assediando sua esposa.

De acordo com a polícia de Caicó, Jackson já estava sob suspeita, pois o laudo do Itep apontava que Betinho tinha sido assassinado com pancadas na cabeça, o que ocasionou traumatismo craniano. O corpo de Betinho foi encontrado de bruços, com uma bermuda arreada até a metade das pernas e uma camisa levantada até a altura do peito.

Durante as investigações, a polícia recebeu denúncia de que havia pedras com marcas de sangue na casa de Jackson.

Na noite desta quarta-feira, o acusado foi preso. Após a prisão, Jackson deu detalhes do crime aos policiais. Ele disse que atraiu a vítima para sua casa e, em seguida, desferiu as pancadas. O inusitado é que o acusado usou como arma um balde cheio de areia, com a tampa fechada.
A+ A-