Polícia Civil continua buscas por acusado de matar amigo em confraternização

Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa apreendeu uma camionete utilizada por Ailton Berto no dia do crime.

Da redação, PC,
Cedida/PC
Em uma das granjas, policiais civis apreenderam uma L200 Triton, utilizada por Ailton Berto para fugir do local do crime, no último sábado.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil cumpriu, nesta terça-feira (3), dois mandados de busca e apreensão em desfavor de Ailton Berto da Silva, de 50 anos. Ele é acusado de ter praticado o crime de homicídio que vitimou Fantone Henry Filgueira Maia, no sábado (30), durante uma confraternização de um clube de trilhas de veículos 4x4. O crime aconteceu na praia de Santa Rita, localizada no município de Extremoz.

Os dois mandados foram cumpridos em duas granjas, ambas em Extremoz. Ao longo das diligências, em um dos locais, foi apreendido o veículo, modelo L200 Triton, utilizado pelo homem no momento da autoria do crime. As ações policiais foram empreendidas com o objetivo de efetuar a prisão do homem que continua foragido da Justiça. 
 
O caso

De acordo com as investigações, durante um desentendimento com participantes da festa, Ailton Berto sacou uma pistola e efetuou diversos disparos, atingindo Fantone Henry e mais duas pessoas que estavam no local. Após o crime, o suspeito não foi localizado pela polícia. 

Contra Ailton Berto da Silva já existe um mandado de prisão temporária, expedido pela Justiça, decorrente de um pedido apresentado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Informações que possam colaborar com a prisão de Ailton Berto devem ser enviadas para o Disque-Denúncia 181, com garantia de sigilo.

Tags: Polícia
A+ A-