PM diz que vai apurar denúncias de agressão

Comandante da Rocam frisa que esse não é o procedimento comum dos policiais.

Fred Carvalho,
O comandante das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), capitão Marlon de Góis Bay, garantiu que as denúncias de agressões cometidas por policiais ao suspeito de assalto Judson Silva de Lima serão investigadas. Ele frisou que, em se constatando excesso de violência, os agressores serão punidos pelos atos.

“Isso não é o procedimento comum dos policiais militares. Por essa razão fazemos questão de saber o que realmente aconteceu. Essa investigação deverá ficar a cargo da Corregedoria da Secretaria”, falou o capitão Marlon.

O oficial adiantou que Judson Silva reagiu à prisão no momento em que foi abordado pelos policiais da Rocam. “Esse rapaz, inclusive, estava com um revólver e não quis entregar a arma pacificamente. Diante disso, e com as prerrogativas da lei, nossos policiais empregaram a força. Mas não sei informar se houve exageros”, concluiu.
A+ A-