Grupo é detido com ‘coquetéis molotov’ próximo ao Carrefour na zona norte

Segundo a PM, cinco homens flagrados com artefatos admitiram que iriam participar de protesto contra o racismo.

Da redação,
Cedida/Polícia Militar
Policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar apreenderam seis garrafas com "coquetel molotov", que seria usados no protesto contra o racismo.

A Polícia Militar deteve, na noite desta sexta-feira (27), cinco homens portando “coquetéis molotov”, nas proximidades do supermercado Carrefour, na zona norte.

De acordo com informações do 4º Batalhão, uma equipe estava em patrulhamento pela avenida Salvador, localizada atrás da rede de supermercados, quando visualizou o grupo em atitude suspeita. Ao serem abordados, os policiais flagraram seis garrafas contendo material inflamável.

Ainda segundo a PM, os suspeitos confirmaram que pretendiam utilizar os artefatos no protesto contra o racismo “Vidas Negras Importam”. Desde a morte de um cliente por seguranças do supermercado, em Porto Alegre, algumas manifestações têm ocorrido pelo país. João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, foi espancado até a morte por seguranças, em um supermercado da rede, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite de 19 de novembro.

Os cinco detidos, juntamente com todo o material apreendido, foram encaminhados para Delegacia de Plantão da Zona Norte.

Tags: Carrefour Polícia Militar
A+ A-