Garibaldi Alves afirma que espera legalização do jogo do bicho

O senador ressaltou que um novo projeto está para ser apreciado no Congresso.

Thyago Macedo,
Vlademir Alexandre
"Sou a favor da liberação, mas, tomando várias providências para evitar a lavagem de dinheiro", diz.
O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, afirmou, durante a Sabatina Nominuto, que tramita no Congresso Nacional um projeto de sua autoria, pedindo a legalização do jogo do bicho no Brasil.

Garibaldi Alves foi questionado pelo jornalista Fred Carvalho se a legalização da prática seria a única forma de coibir a prática dessa contravenção penal. O senador lamentou que ao final da CPI dos Bingos, a qual foi relator, alguns senadores terem sido contra a liberação dos jogos.

No entanto, Garibaldi ressaltou que um novo projeto está para ser apreciado no Congresso. “Eu sou a favor da liberação, mas, tomando diversas providências para evitar a lavagem de dinheiro”, disse.

Outro ponto levantado pelo jornalista Fred Carvalho referente à CPI dos Bingos, foi a morte do prefeito de Santo André, Celso Daniel. O repórter perguntou ao senador se o prefeito havia sido vítima de um crime comum ou de cunho político.

Garibaldi afirmou que não é nenhum perito criminalista. “Porém, pelo que eu vi naquela CPI, Celso Daniel descobriu o derrame de dinheiro público que estava sendo feito. Por isso, tornou-se presa fácil”, completou o senador.
A+ A-