Empresário mata irmão a tiros e comete suicídio em seguida

Mãe de 90 anos presenciou caso ocorrido nesta terça em uma propriedade da família Flor, em São Pedro.

Da redação,
Acervo familiar

Uma das famílias mais tradicionais do Rio Grande do Norte vive uma tragédia desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (19). O empresário Tasso Flor assassinou a tiros o irmão Túlio Flor a tiros e em seguida cometeu suicídio.

A mãe de 90 anos presenciou o caso, que aconteceu em uma das propriedades da família localizada no município de São Pedro, na região Agreste do Estado.

A polícia ainda não confirmou o que pode ter motivado a discussão entre os irmãos, mas informações preliminares revelam que a briga teve início com uma divergência na administração de uma fazenda, que estaria causando prejuízo.

Os empresários administravam diversos empreendimentos em todo o RN, incluindo uma rede de postos de combustíveis e uma empresa de transporte público em Natal.

Durante a briga, Tasso sacou uma arma e disparou contra o irmão Túlio, que não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Logo depois de matar o irmão, Tasso tirou cometeu o suicídio.

A Polícia Militar foi acionada e isolou o local do crime, onde a Polícia Civil e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) atuam com o início das investigações e perícia, respectivamente.

Nota de Pesar

O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do RN (Sindipostos) emitiu uma nota de pesar pelas mortes dos empresários. "O Sindpostos está de luto e manifesta o seu mais profundo pesar a toda a família Flor, pela tragédia que se abateu sobre ela na manhã desta terça (19) e que retirou do nosso convívio a figura de Túlio Flor, integrante de nossa diretoria, fato que sempre nos encheu de orgulho. À família, que tem as raízes de sua trajetória de sucesso empresarial fincadas em nosso segmento, figurando até hoje como referência de empreendedorismo e pioneirismo no ramo, deixamos nosso abraço de conforto e os mais sinceros desejos de que encontrem no conforto Divino as forças necessárias para enfrentar o momento de dificuldade extrema".

Tags: Polícia
A+ A-