Caso Arthur Lima: adolescente é apreendido quase um ano após assassinato de jovem

Rapaz de 18 anos foi morto após roubo ocorrido em setembro de 2019, no Alecrim. Um bandido já foi condenado a 26 anos de prisão.

Da redação, Polícia Civil,
Arquivo
Latrocínio ocorreu em setembro de 2019, em uma loja situada na galeria Sol Nascente, em frente ao Instituto Sagrada Família, no bairro do Alecrim.

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deram cumprimento, no começo da manhã desta quinta-feira (10), a um mandado de busca e apreensão de adolescente e mandados de busca e apreensão em imóveis. Na ocasião, um adolescente de 17 anos foi apreendido pela prática de ato infracional análogo ao crime de latrocínio contra Arthur Lima de Oliveira, ocorrido em setembro de 2019, no bairro Alecrim, na zona leste.

As diligências foram realizadas em um imóvel situado na comunidade do Passo da Pátria, na Zona Leste de Natal. Além da apreensão do adolescente, dois mandados de busca e apreensão em imóveis foram cumpridos, porém não houve material apreendido.

ArthurLimadeOliveiraO coautor do latrocínio, Eudes Leonardo de Lima, preso em flagrante à época do fato, já foi julgado pelo Juízo da 5ª Vara Criminal da Comarca de Natal e condenado a uma pena de 26 anos de reclusão pelo crime cometido.

As investigações revelaram que o adolescente apreendido, nesta quinta-feira (10), foi o autor do disparo que provocou a morte da vítima. Diversas tentativas de captura do adolescente já haviam sido feitas anteriormente.

Na próxima semana, no dia 18 de setembro, completará um ano do falecimento de Arthur Lima e as equipes da Polícia Civil estavam intensificando as buscas pelos envolvidos no crime.

O adolescente foi encaminhado ao Centro de Recuperação de Adolescentes, para cumprimento da internação provisória. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.


Confira o vídeo da prisão de Eudes Leonardo na época:


Tags: Polícia Polícia Civil
A+ A-