Caso Andréia: Depoimento de Andrei Thies dura 14 horas

Com início às 15h da tarde desta segunda-feira (19), o depoimento só foi concluído na manhã desta terça-feira (20).

Thyago Macedo,
Durou 14 horas o depoimento do sargento da Aeronáutica Andrei Bratkowski Thies ao delegado Raimundo Rolim, que preside o inquérito do assassinato da dona-de-casa Andréia Rosângela Rodrigues. Com início às 15 h da tarde desta segunda-feira (19), o depoimento só foi concluído às 5 h desta terça-feira (20).

Ainda nesta manhã, está previsto para ter início às 10h a reconstituição do crime, ocorrido no dia 22 de agosto. Segundo fontes do Nominuto.com, o depoimento de Andrei demorou porque ele passou cerca de três horas contando como era sua vida antes de conhecer Andréia e, conseqüentemente, como era o relacionamento com a dona-de-casa.

No entanto, a expectativa é de que o sargento tenha confirmado a versão de que ele, sozinho, teria matado a mulher asfixiada, enterrado-a, em seguida, na Base Aérea de Natal e, dias depois, desenterrado e levado o corpo para a casa onde os pais moravam, no conjunto Alagamar, em Ponta Negra.

Porém, existe ainda a possibilidade de Andrei Bratkowski ter acrescentado algumas novidades ao seu depoimento. Fontes revelaram que o sargento apresentou desta vez muitos detalhes que podem confirmar se ele está falando a verdade ou mentindo mais uma vez. A reportagem tentou entrar em contato com o delegado Rolim, mas, agora no início da manhã, seu celular não atendia.
A+ A-