Caso Andréia: Andrei confessou que obrigou mulher a abortar

Aborto teria sido provocado em junho passado. Andréia pintou os cabelos e tomou remédios para ajudar a expulsar feto.

Fred Carvalho,
O sargento Andrei Bratkowski Thies confessou que instigou a mulher dele, Andréia Rosângela Rodrigues, a abortar o segundo filho do casal. A confissão foi dada ao delegado Raimundo Rolim, durante depoimento prestado até às 5h desta terça-feira (20) na Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom), em Candelária.

“Ele alegou que, como não tinha condições financeiras de sustentar mais um filho, sugeriu à Andréia que fizesse o aborto. Ele pagou uma pintura dos cabelos dela e ainda comprou alguns remédios abortivos”, falou uma fonte do Nominuto.com.
A+ A-