Advogados de Jeoás pedirão intervenção da OAB

Defesa denuncia que Justiça baiana lhe está negando o acesso e vistas dos autos do processo de acusação contra o policial militar.

Tiago Medeiros,
A Defesa do cabo da Polícia Militar Jeoás Nascimento dos Santos, denunciou esta manhã (15) à equipe de reportagem do Nominuto, que a Justiça baiana lhe está negando o acesso e vistas aos autos do processo que acusa o policial militar por roubo, formação de quadrilha e atos de vandalismo, durante a greve da Polícia Militar da Bahia.

“Vou pedir a intervenção da OAB-RN e da OAB Nacional para garantir este direito aos advogados de defesa” desabafou o advogado Paulo César Ferreira.

Jeoás foi transferido para o Presídio Federal de Campo Grande/MT, nas primeiras horas de hoje, segundo Paulo Cesar, sem o conhecimento dos advogados de defesa. Ele estava preso desde essa segunda-feira (13) na sede do Bope, localizada na Zona Norte de Natal.
A+ A-