Advogado é preso acusado de violência doméstica e armazenamento de pornografia infantil

Polícia Civil prendeu homem de 38 anos em um shopping da zona leste de Natal.

Da redação, Polícia Civil,
Cedida/Polícia Civil
Polícia Civil informou que o advogado preso foi encaminhado para detenção em uma cela especial, onde permanece à disposição da Justiça.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) Zona Sul de Natal e da Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) deram cumprimento, nesta sexta-feira (18), a um mandado de prisão preventiva e a mandados de busca e apreensão em desfavor de um advogado de 38 anos.

A prisão, que aconteceu em um shopping, na Zona Leste da Capital Potiguar, se deu pela suspeita da prática de crimes em contexto de violência doméstica e familiar contra mulher. O mandado foi expedido pelo 3.º Juizado de Violência Doméstica de Natal. Segundo as investigações, o advogado também é suspeito de participação em crimes envolvendo violência sexual contra criança.

Além do mandado de prisão cumprido em seu desfavor, o advogado também foi autuado em flagrante pela prática de crime de armazenamento de material pornográfico envolvendo criança, já que foi encontrado um vídeo pornográfico dessa natureza, em uma nuvem de armazenamento de arquivos do suspeito.

Durante as diligências de cumprimento dos mandados de busca e apreensão, expedidos pelo 3º Juizado de Violência Doméstica de Natal, foram apreendidos um aparelho celular, um computador, um notebook e um pen drive.

O suspeito foi encaminhado para detenção em cela especial, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Tags: Advogado Pedofilia Polícia Civil Violência contra criança Violência doméstica
A+ A-