Acusado de assassinar comerciária se apresenta

Padeiro diz que é inocente e assume medo de ser linchado.

Carlos Santos,
O padeiro Clayton Alves da Silva, 21, apresentou-se nesta quinta-feira (6) ao delegado titular da Delegacia de Furtos e Roubos em Mossoró, Luiz Fernando Eliezer. Ele é acusado de assassinato e tinha prisão preventiva decretada.

Residente no "Parque das Rosas, conjunto Nova Vida (antigo Malvinas), no Grande Alto de São Manoel, Clayton apresentou-se, negando ter assassinado a comerciária Iziana Paula Alves de Lima, 28. O crime ocorreu na terça (27), durante um assalto. Ela levou um tiro na cabeça.

O acusado justificou sua apresentação, baseado no medo. Temia ser morto sob linchamento da população, após divulgação de retrato falado e sua fotografia, como suposto assassino.
A+ A-