Milton Ribeiro será anunciado ainda nesta sexta-feira como novo ministro da Educação

Pastor da igreja Presbiteriana em Santos era o nome do "paulista" citado por Bolsonaro ao se referir aos candidatos ao cargo.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro escolheu Milton Ribeiro para ser o novo ministro da Educação. O anúncio deve ocorrer ainda nesta sexta-feira (10).

Pastor da igreja Presbiteriana em Santos e ligado à Universidade Mackenzie, Ribeiro era o nome do "paulista" citado por Bolsonaro ao se referir aos candidatos ao cargo no MEC, vago desde a saída de Abraham Weintraub, no mês passado. Carlos Alberto Decotelli chegou a ser nomeado como ministro, mas não chegou a tomar posse após inconsistências em seu currículo.

No ano passado, Bolsonaro havia nomeado Ribeiro para integrar a Comissão de Ética Pública da Presidência, grupo responsável por apurar a conduta de integrantes da administração pública federal e de analisar possíveis conflitos de interesse no serviço público. O grupo não tem poder para punir servidores e ministros. No máximo, o colegiado pode recomendar exonerações ou aplicar sanções administrativas, entre as quais a censura ética, espécie de “mancha” no currículo do servidor.

Tags: Governo Bolsonaro Ministério da Educação
A+ A-