Filiação de Bolsonaro ao PL será oficializada na próxima terça-feira

Entrada do presidente a um dos principais partidos do Centrão ocorrerá em grande estilo, em ato no Complexo Brasil 21, em Brasília.

Da redação, Estadão Conteúdo ,
Marcos Correa/PR
Mais cedo, em entrevista à Rádio Correio, da Paraíba, o presidente Jair Bolsonaro havia afirmado que sua filiação ao PL estava praticamente certa.

A filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL) será oficializada na próxima terça-feira, 30, às 10h30, informou a legenda em nota oficial. A entrada de Bolsonaro a um dos principais partidos do Centrão ocorrerá em grande estilo, em ato no Complexo Brasil 21, em Brasília.

“A definição da data é produto do encontro que, na tarde de hoje, 23, reuniu o presidente da República e o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto”, diz nota do partido.

A agenda oficial de Bolsonaro não traz o encontro com Costa Neto. Mais cedo, em entrevista à Rádio Correio, da Paraíba, o presidente havia afirmado que sua filiação ao PL estava praticamente certa. "Mas, na política, só está fechado quando fecha”, afirmou Bolsonaro na ocasião.

O presidente chegou a confirmar que o  principal entrave para sua filiação era a aliança do PL com o PSDB em São Paulo, o maior colégio eleitoral do País. “(Costa Neto) tem compromisso com o vice-governador e tinha que acertar uma maneira de resolver”, disse o presidente, numa referência a Rodrigo Garcia, pré-candidato do PSDB ao Palácio dos Bandeirantes.

O PL integra a base do governador de São Paulo, João Doria, e se comprometeu a apoiar Garcia na disputa pela sua sucessão, em 2022. Agora, a cúpula do partido  promete abandonar a aliança para abrigar Bolsonaro. O presidente quer lançar o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ao governo paulista.

Tags: eleições Jair Bolsonaro PL
A+ A-