Bolsonaro é levado a hospital de SP com suspeita de obstrução intestinal

Presidente interrompe férias no litoral de Santa Catarina e passará por exames para avaliar quadro; motivo seriam dores abdominais.

Da redação, Estadão Conteúdo ,
Agência Brasil
As dores abdominais enfrentadas pelo presidente são em decorrência do atentado a faca sofrido por ele durante a campanha presidencial de 2018.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desembarcou na madrugada desta segunda-feira, 3, em São Paulo, e seguiu em direção ao Hospital Vila Nova Star, na zona sul da capital paulista, acompanhado da comitiva presidencial. O mandatário apresenta suspeita de nova obstrução intestinal e será submetido a exames.

Até este domingo, 2, o presidente estava em São Francisco do Sul, no litoral de Santa Catarina, descansando. Ele teria sentido dores no abdome ainda durante a viagem. 

Bolsonaro ficou internado no Vila Nova Star em julho de 2021, quando tratou um quadro de obstrução intestinal. As dores abdominais enfrentadas pelo presidente são em decorrência do atentado a faca sofrido por ele durante a campanha presidencial de 2018, em Juiz de Fora, Minas Gerais. Após ter sofrido o atentado, Bolsonaro já foi submetido a seis cirurgias na região abdominal, que acabam aumentando as possibilidades de eventos de aderência do órgão e também obstruções.

A primeira cirurgia aconteceu logo após a facada, em setembro de 2018. Na ocasião, o então candidato teve traumatismo abdominal e foi submetido a uma colostomia. Dias depois, em 12 de setembro daquele ano, Bolsonaro teve náuseas e distensão abdominal (inchaço na região do abdômen) e passou por nova cirurgia. 

Em 28 de janeiro de 2019, o presidente passou por uma operação para fechamento da colostomia (exteriorização do intestino para saída das fezes) e reconstrução do trânsito intestinal. No mesmo ano, em 8 de setembro, Bolsonaro tratou uma hérnia incisional localizada no lado direito da parede abdominal. 

Em 25 de setembro de 2020, o presidente foi submetido a uma cirurgia para retirada de cálculo na bexiga. Em julho de 2021, ele realizou um implante dentário. Bolsonaro afirmou que, após essa cirurgia, passou a apresentar quadro de soluço persistente.

Em 6 de setembro de 2018, Bolsonaro fazia campanha pelas ruas do centro de Juiz de Fora quando foi esfaqueado por Adelio Bispo de Oliveira.  O então candidato à Presidência cumpria agenda em um dos principais endereços da cidade, no calçadão da Rua Halfeld, local exclusivo para pedestres.

Ele seguia o script de suas agendas de rua: caminhadas no meio dos apoiadores, selfies e interação com crianças e adolescentes simulando armas com as mãos. Em meio à multidão, Adelio Bispo de Oliveira sacou a faca e rapidamente atingiu o atual presidente. Com uma expressão de surpresa e dor, Bolsonaro se inclinou para trás e foi amparado.

Tags: bolsonaro Jair Bolsonaro saúde
A+ A-