Bolsonaro causa aglomeração e tira máscara em primeira viagem após isolamento por covid

Presidente desembarcou no Piauí e foi para a Bahia, onde participou de inauguração de uma adutora.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Reprodução/Twitter/EstadãoPolítica
Com chapéu branco de couro, Bolsonaro montou em um cavalo e acenou para as pessoas que o chamavam de "mito".

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi recebido por dezenas de pessoas ao desembarcar no aeroporto de São Raimundo Nonato, no Piauí, na manhã desta quinta-feira (30), em sua primeira viagem após ser diagnosticado com o novo coronavírus no início do mês. Com chapéu branco de couro, o presidente montou em um cavalo e acenou para as pessoas que o chamavam de "mito".

Bolsonaro apareceu do lado de fora do aeroporto com máscara, mas logo deixou-a abaixo do queixo enquanto era cercado por apoiadores, alguns sem máscara. Mais cedo, outro grupo de manifestantes protestou segurando faixas criticando a postura do governo no combate ao coronavírus.

O presidente participou em Campo Alegre de Lourdes, no interior da Bahia, da inauguração de uma adutora que leva água do Rio São Francisco para o município.

“Ninguém governa sozinho”, disse o presidente. “Começamos enfrentando uma pandemia, ninguém esperava isso, mas ela veio, e nós fizemos tudo o possível para que seus efeitos fossem minorados. Mas fizemos isso tendo ao nosso lado valorosos senadores e deputados”, declarou o presidente, citando parlamentares presentes.

Tags: Jair Bolsonaro Poder Política
A+ A-