Brasil tem 359 mortes por coronavírus e 9.056 casos confirmados

Ministros participam de coletiva para detalhar medidas contra a pandemia do coronavírus.

Da redação, Agência Brasil,
Reprodução
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, atualiza os dados da covid-19 no País, em coletiva no Palácio do Planalto.
SELO-CORONA-100O governo federal atualiza os dados sobre o avanço de covid-19 no país e fala sobre as ações de enfrentamento à pandemia, na tarde desta sexta-feira (3), no Palácio do Planalto. Participam os ministros da Casa Civil, Walter Braga Netto; da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; da Secretaria-Geral, Jorge de Oliveira; da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos; e da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário.

O Brasil tem 9.056 casos confirmados da covid-19, transmitida pelo novo coronavírus, informou o Ministério da Saúde em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira, 3. Foram 1.146 novas confirmações nas últimas 24 horas. As mortes pela doença subiram de 299 para 359. A taxa de mortalidade está em 4%.

No Mundo, a doença já passou da marca de 1 milhão de infectados, com mais de 50 mil mortos. Uma das principais preocupações das autoridades é em relação aos sistemas de saúde, que passam a ficar sobrecarregados. Nos EUA, que registraram ontem 25 mil novos casos confirmados da doença, o modelo estatístico que tem sido usado pela Casa Branca indica que, no pico da doença, um terço dos americanos que precisarão de internação não terão lugar nos hospitais. Com isso, os médicos americanos se aproximam do mesmo dilema já enfrentado por italianos e espanhóis: decidir quem será ou não atendido.

No Brasil, embora o pico da pandemia ainda não tenha sido alcançado, os sistemas de saúde público e privado já enfrentam sobrecarga por causa do aumento do número de internações e registram até 38% de seus leitos ocupados por pacientes com infecção suspeita ou confirmada da doença.

Cadastro de entidades

Mais cedo, o governo anunciou que vai cadastrar entidades filantrópicas e instituições religiosas que possam acolher pessoas em situações de rua, como medida de prevenção à disseminação do coronavírus e proteção dos vulneráveis. Em entrevista à TV Brasil, Damares explicou que o ministério já está fazendo contato individual com algumas instituições e que, na semana que vem, será feito o chamamento público.

Impostos zerados

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) ampliou a lista de produtos necessários ao combate do novo coronavírus com redução temporária para zero da alíquota do Imposto de Importação. A resolução nº 28 foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Repasse a estados e municípios

Também na manhã desta sexta-feira, foi publicada a Medida Provisória (MP) nº 938/2020 que garante o apoio financeiro da União aos estados e municípios para o enfrentamento à crise gerada pela pandemia de covid-19 no país. Serão transferidos R$ 4 bilhões por mês, durante quatro meses, aos fundos de Participação dos Estados e dos Municípios.


Assista ao vivo:

AMS

Tags: coletiva coronavírus Covid-19 governo federal pandemia
A+ A-