Paulo Macedo morre por covid-19

Decano do colunismo social no RN contraiu a doença enquanto se recuperava de uma cirurgia no fêmur.

Da redação,

paulo+macedo_770O jornalista Paulo Macedo, que marcou época no colunismo social do Rio Grande do Norte, morreu neste domingo (5) vítima da covid-19.

Ele estava internado no Hospital Memorial São Francisco, onde se recuperava de uma queda na última quarta-feira (1º), no flat onde morava em Natal.

Paulo Macedo contraiu o coronavírus enquanto aguardava uma cirurgia de fêmur. O procedimento cirúrgico ocorreu na sexta-feira passada.

Já a doença respiratória evoluiu rapidamente, comprometendo um dos pulmões. Ele estava com 88 anos.

Em nota, a Academia Norte-rio-grandense de Letras, na qual o jornalista ocupava uma das cadeiras, comunicou o falecimento do colunista.

Paulo Macedo trabalhou na Tribuna do Norte, no Diário de Natal e na TV Ponta Negra (SBT).

A governadora Fátima Bezerra (PT) lamentou a morte do jornalista potiguar: "Que tempos difíceis. O RN perde hoje Paulo Macedo, Acadêmico e Vice-Pesidente da Academia Norte-Rio-grandense de Letras e um dos maiores nomes do jornalismo potiguar. Sua trajetória se encerra marcada pela sua competência como colunista social, cronista, escritor, apresentador".

"Um profissional respeitado que marcou gerações em nosso estado e colecionou admiradores. Expresso aqui toda a minha solidariedade aos seus familiares e amigos. Que Deus o receba de braços abertos e conforte os corações em luto", completou a governadora em mensagem postada no Twitter.

A Assembleia Legislativa divulgou nota de pesar no início da noite. Segue o texto na íntegra:


Nota de pesar Paulo Macedo 

05.07.2020

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte presta solidariedade à família do jornalista, escritor potiguar e membro da Academia norte-rio-grandense de Letras, Paulo Macedo que faleceu neste domingo (5). Paulo Macedo estava internado após fratura no fêmur e debilitado, faleceu de Covid-19. 

Paulo Macedo escreveu coluna social durante mais de 40 anos no jornal impresso Diário de Natal, despedindo-se da rotina da redação em 2011. Também consagrou-se como apresentador do programa televisivo Sala Vip e recebeu homenagens e honraria durante toda carreira profissional.

Na Assembleia, Paulo Macedo foi homenageado no Dia do Jornalista e como em sua carta de despedida do jornal, repetiremos suas palavras “gratidão e até logo”.

O Poder Legislativo, em nome dos 24 deputados estaduais se solidariza com os familiares e amigos neste momento de luto.  

Descanse em paz, Paulo Macedo.

Palácio José Augusto

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Tags: morte Paulo Macedo
A+ A-