Na Câmara, Rafael Motta requer voto de pesar pelo falecimento de Nevaldo Rocha

Empresário é o fundador do Grupo Guararapes, o maior da América Latina no ramo têxtil.

Da redação,
Divulgação
Nevaldo Rocha, fundador do grupo Guararapes e dono das lojas Riachuelo, faleceu nessa quarta-feira, aos 91 anos.

O falecimento do empresário Nevaldo Rocha, de 91 anos, ocorrido na noite de quarta-feira (17), foi registrado em requerimento de pesar, na Câmara dos Deputados, assinado pelo coordenador da bancada do Rio Grande do Norte, o deputado federal Rafael Motta (PSB). Potiguar natural do município de Carnaúba e de família humilde, Nevaldo é o fundador do Grupo Guararapes e um exemplo nacional de empreendedorismo.

Com mais de 70 anos de atuação, o Grupo é o maior da América Latina no ramo têxtil e de confecção de roupas, com uma operação que engloba a rede varejista Riachuelo e o shopping Midway Mall, instalado na capital potiguar. São mais de 40 mil colaboradores diretos e indiretos espalhados por todo o país.

“Neste momento de profunda tristeza, o nosso requerimento deixa registrado nos anais da Casa o exemplo de empresário que Sr. Nevaldo foi. Conhecido por ser um homem visionário, Nevaldo é um ícone para a história do RN”, ressaltou o parlamentar. “Nossos sentimentos de pesar aos familiares, amigos e funcionários que tiveram a honra do trabalho e da vida compartilhada com ele”, completou Rafael Motta.

Tags: Câmara dos Deputados Nevaldo Rocha obituário Rafael Motta requerimento de pesar
A+ A-