Hollywood lamenta a morte de Chadwick Boseman, o 'Pantera Negra'

Colegas de elenco e diretores fizeram publicações nas redes sociais.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Twitter/The Academy
Ator Chadwick Boseman, o 'Pantera Negra', morreu aos 43 anos vítima de um câncer de cólon contra o qual lutava há quatro anos.

pós o anúncio da morte do ator Chadwick Boseman, estrela de "Pantera Negra", na noite desta sexta-feira (28), atores, diretores, atletas e políticos se manifestaram nas redes sociais. Mark Ruffalo e Chris Evans escreveram sobre a experiência de trabalhar ao lado de Boseman. Kamala Harris, candidata à vice-presidência dos Estados Unidos, disse que ele era "brilhante e humilde". A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood considerou "perda imensurável". Outros artistas, como Samuel L. Jackson, também expressaram pesar pela morte de Boseman.

Boseman lutava secretamente contra um câncer de cólon há quatro anos, período em que seus filmes de maior sucesso foram gravados e o alçaram à fama. Além de ter vivido o primeiro super-herói negro da Marvel, o "Pantera Negra", em quatro filmes, o ator também fez parte do elenco de Destacamento Blood, do diretor Spike Lee.

O ator Mark Ruffalo, colega de elenco de Boseman nos dois últimos filmes dos "Vingadores", disse no Twitter: "Foi uma grande honra trabalhar com você e conhecê-lo. Que ser humano generoso e sincero. Você acreditava na natureza sagrada do trabalho e deu tudo de si".

Chris Evans, que interpreta o Capitão América e também trabalhou com Boseman, escreveu: "Chadwick era especial. Um verdadeiro pioneiro. Ele era um artista profundamente comprometido e constantemente curioso. Poucos atores têm tanto poder e versatilidade. Ele ainda tinha tanto para criar. Serei eternamente grato pela nossa amizade".

Kamala Harris, candidata à vice-presidência dos Estados Unidos, também lamentou a morte do ator. A última publicação de Boseman nas redes sociais foi uma foto com Harris, compartilhada no dia em que sua candidatura foi anunciada. "Coração partido. Meu amigo Chadwick Boseman era brilhante, gentil, culto e humilde. Ele se foi muito cedo, mas sua vida fez a diferença", disse Kamala.

Ator Samuel L. Jackson também prestou homenagem ao amigo. "Obrigado, Chadwick Boseman, por tudo que você nos deu. Nós precisávamos e sempre iremos apreciá-lo. Um artista e irmão talentoso e generoso, que fará muita falta. Descanse em paz (RIP)".

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood publicou nas redes sociais que a perda do artista é imensurável. "De Black Panther a Da 5 Bloods, Chadwick Boseman trouxe força e luz para a tela, todas as vezes".

Joe Biden também lamentou a morte do ator. "O verdadeiro poder de Chadwick Boseman era maior que tudo que vimos nas telas. Do Pantera Negra a Jackie Robinson, ele inspirou gerações e mostrou que eles podem ser tudo que quiserem ser - até super-heróis".

Kevin Feige, presidente da Marvel, divulgou um comunicado em que diz que a morte de Chadwick é devastadora: "Ele era o nosso T'Challa, nosso Pantera Negra e nosso querido amigo", disse ele. "Toda vez que ele pisava no set, radiava carisma e alegria, e toda vez que aparecia nas telas, ele criava algo realmente indelével. Ninguém era melhor em trazer grandes homens à vida. Ele era esperto, gentil, poderoso e forte quanto qualquer pessoa que ele interpretou."

A atriz Halle Berry também falou sobre Boseman nas redes sociais: "um homem incrível de talento imensurável, que viveu apesar de suas batalhas pessoais. Você nunca sabe o que as pessoas ao seu redor podem estar passando - trate-as com gentileza e aprecie cada minuto juntos".

A atriz Viola Davis diz que não há palavras para expressar sua devastação em perdê-lo. "Seu talento, seu espírito, seu coração, sua autenticidade. Foi uma honra trabalhar com você, poder te conhecer. Descanse bem, meu príncipe. Que voos de anjos cantem para teu descanso celestial. Eu te amo".

A apresentadora Oprah Winfrey também lamentou a morte do ator de "Pantera Negra". "Que alma gentil e talentosa. Mostrando-nos toda aquela grandeza entre cirurgias e quimioterapias. A coragem, a força e o poder necessários para fazer isso. É o significado da dignidade".

Brie Larson, a "Capitã Marvel", escreveu sobre a sua relação com o ator: "Chadwick era alguém que radiava poder e paz, que representava algo muito maior que ele, que tirava um tempo para saber como você estava e dizia palavras de incentivo quando você estava insegura. Tenho orgulho das lembranças que eu tenho".


Tags: Obituário
A+ A-