Fátima diz que Nevaldo Rocha alavancou nome do RN para o mundo

Governadora lamenta morte do fundador das lojas Riachuelo e presta solidariedade à família.

Da redação,
Twitter/Jean-Paul Prates
Governadora Fátima Bezerra ao lado do fundador da rede de lojas Riachuelo, o empresário Nevaldo Rocha.

A governadora Fátima Bezerra (PT) emitiu nota na manhã desta quinta-feira (18) lamentando a morte do empresário Nevaldo Rocha, fundador do grupo Guararapes e da rede de lojas Riachuelo. O empreendedor tinha 91 anos e morreu em sua casa, em Natal, na noite de ontem (17).

Fátima disse que Nevaldo Rocha era um "visionário que alavancou o nome do Rio Grande do Norte para o Brasil e o mundo". A chefe do Executivo estadual também destacou o legado de inspiração para o povo potiguar, como a capacidade do empresário em gerar milhares de empregos não apenas no RN, como também em outros estados brasileiros.

A governadora também manifestou solidariedade aos familiares e amigos pela perda inestimável.

Confira a nota na íntegra:

NOTA DE PESAR

O povo potiguar está em luto hoje pela perda de Nevaldo Rocha, um visionário que alavancou o nome do Rio Grande do Norte para o Brasil e mundo, com os grupos Guararapes e Riachuelo. Todo meu sentimento ao empresário Flávio Rocha e demais familiares, e amigos, pela perda irreparável do pioneiro da família Guararapes.

Nevaldo deixa um legado de inspiração para as gerações presentes e futuras do povo potiguar, em simplicidade no trato com todos e grandiosidade no espírito empreendedor e desenvolvimentista, que gerou milhares de empregos para milhares de famílias em nosso Estado e em outros Estados brasileiros, ao longo de décadas. Que a perda inestimável se transforme, também, em força para superar a dor da família e que o povo potiguar tenha sempre nele um ícone a se inspirar.

Fátima Bezerra

Governadora do Estado do Rio Grande do Norte.

Tags: Nevaldo Rocha
A+ A-