Ex-deputado federal Wanderley Mariz morre vítima da covid-19

Político potiguar teve morte cerebral confirmada na manhã desta quarta-feira.

Da redação,

O ex-deputado federal Wanderley Mariz, de 79 anos, teve morte cerebral confirmada pela família na manhã desta quinta-feira (2). Ele estava com covid-19, internado desde o último dia 27 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Lucas, em Natal.

Natural da cidade de Caicó, na região Seridó do Estado, foi eleito deputado federal pela ARENA em 1974 e 1978 e com o fim do bipartidarismo no Governo João Figueiredo ingressou no PDS e foi reeleito em 1982 graças ao capital político do pai, Dinarte Mariz, que militou por mais de cinquenta anos na política potiguar.

Na Câmara dos Deputados, tratava com frequência das questões relacionadas ao semiárido nordestino e chegou a ausentar-se na votação da emenda Dante de Oliveira em 1984, além de ter votado em Paulo Maluf no Colégio Eleitoral em 1985. Durante o governo de Geraldo Melo, foi secretário de Justiça do Estado.

Após deixar o cargo no governo do estado retornou à advocacia e disputou sua última eleição pelo PSDC em 2008 quando perdeu a prefeitura de Caicó para Rivaldo Costa (Partido da República).

O corpo de Wanderley Mariz será cremado nesta sexta-feira (3), no crematório do Morada da Paz, em Emaús. Ele chegará ao centro de velório às 9h30 e será cremado às 10h15.

Tags: Obituário
A+ A-