Diretoria do ABC emite nota de pesar por morte de Marcelo Abdon

Ex-dirigente morreu nesta sexta-feira vítima de um câncer de pulmão.

Da redação,
Elias Medeiros

A diretoria do ABC Futebol Clube, em nome dos dirigentes, conselheiros, sócios e torcedores, manifesta seus sentimentos pelo falecimento do ex-dirigente e conselheiro do clube Marcelo Abdon, antes de tudo um grande abcedista.

Marcelo Abdon tinha 55 anos, era conselheiro e foi vice-presidente de comunicação e de futebol do Mais Querido. O jornalista e pecuarista, que lutava contra um câncer agudo há um ano e estava internado há 45 dias, morreu na madrugada desta sexta-feira (14). Marcelo deixa dois filhos.

O velório acontece a partir do meio dia, no Centro de Velório São José, no bairro de Lagoa Seca. No final da tarde, o corpo será levado ao Cemitério Morada da Paz, em Emaús, onde será cremado.

Na partida do próximo domingo (16), no Frasqueirão, entre ABC e Guarani/SP,  será respeitado um minuto de silêncio em homenagem póstuma ao alvinegro.

Em maio deste ano, na partida de estreia do Clube do Povo no Estadual, quando o abecedista estava em tratamento, o Mais Querido prestou uma homenagem no telão do Frasqueirão e reproduziu uma foto de Marcelo com a frase: “Marcelo Abdon, o ABC torce por você”.

No dia da final do Campeonato Potiguar deste ano, contrariando as recomendações médicas, Marcelo Abdon deixou o hospital, pegou um táxi sozinho e muito debilitado foi ao Frasqueirão comemorar a vitória do ABC sobre o América, na conquista do 53º título estadual do Mais Querido. O abecedista só descansou depois de ver o Mais Querido voltar a ser Campeão Potiguar e retornar à Série B do Campeonato Brasileiro, acesso conquistado na última sexta-feira (7), no Frasqueirão.

Todos que fazem o ABC Futebol Clube externam os mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos, neste momento de dor e tristeza.

Tags: ABC Marcelo Abdon Obituário
A+ A-