Ciro Pessoa, um dos fundadores dos Titãs, morre aos 62 anos, vítima de covid-19

Corpo será cremado, segundo informação da ex-mulher do músico, Isabela Johansen.

Da redação, Estadão Conteúdo,
@crijatoba
Além das composições com os Titãs, Ciro Pessoa tem mais de 100 obras assinadas por ele, segundo o Ecad.

SELO-CORONA-100Ciro Pessoa, um dos fundadores dos Titãs, morreu aos 62 anos, na madrugada desta terça (5). A informação foi divulgada por Branco Mello e Sergio Britto, integrantes da banda, em suas redes sociais. "Siga em paz querido Ciro. Descansa meus olhos, sossega minha boca, me enche de luz", escreveu Mello.

De acordo com Isabela Johansen, ex-mulher de Pessoa, ele "estava lutando contra o câncer e nas indas e vindas ao hospital, acabou contraindo covid-19. Foi internado, mas infelizmente não resistiu", escreveu em sua rede social.

"O corpo será cremado e assim que essa fase chegar ao fim faremos um grande show em sua homenagem, pois é isso o que ele queria, disse Isabela." E acrescentou: "Seguimos com força, união e sabedoria. Ciro encontrou sua Sonífera Ilha e deixou para nós um mar de alegria e amor. E, claro, o maior presente que eu poderia sonhar."

"Hoje perdemos Ciro Pessoa, amigo querido e membro da formação original dos Titãs. Muito triste com tudo isso", lamentou Sergio Britto.

Além das composições com os Titãs, Ciro tem mais de 100 obras assinadas por ele, segundo o Ecad. O trabalho mais recente do músico foi com a banda Flying Chair.

Tags: Ciro Pessoa covid-19 morte
A+ A-