Embarcação de carga naufraga a caminho de Fernando de Noronha; potiguar está desaparecido

Cinco viaturas da marinha seguem procurando o navio nas proximidades do Município de Cabedelo, na Paraíba, e enfrentam dificuldades por conta da chuva.

Da redação,
Reprodução/Redes Sociais
O barco chamado Thaís IV perdeu contato com o continente durante o trajeto e um equipamento de sinalização apontou problemas.

Uma embarcação de carga que saiu do Recife para Ilha de Fernando de Noronha às 14h de ontem (21) naufragou por volta das 4h30 de hoje (22) durante o trajeto. O potiguar Washington Ventura, de 67 anos, chefe de máquina da empresa Jaqueline II, responsável pelas operações do navio está desaparecido.

O barco chamado Thaís IV perdeu contato com o continente e um equipamento de sinalização apontou problemas.

Por meio de nota, o Porto do Recife confirmou o naufrágio do navio, informando que o mesmo costumava atracar na capital pernambucana a cada duas semanas para embarcar suprimentos destinados à Ilha de Fernando de Norinha. A nota também diz que a embarcação contava com 100 toneladas de materiais diversos.

Cinco viaturas da marinha seguem procurando o navio nas proximidades do Município de Cabedelo, na Paraíba, e enfrentam dificuldades por conta da chuva.

Confira a nota completa:

A embarcação de carga Thaís, que costumava atracar no Porto do Recife a cada duas semanas para embarcar suprimentos para Fernando de Noronha, naufragou nesta quarta-feira (22).

O barco, operado pela empresa Jaqueline Segundo, desatracou do ancoradouro nesta terça-feira (21), às 14h20, seguindo com destino a Fernando de Noronha com 100 toneladas de materiais diversos. Porém, por volta das 4h30 da manhã desta quarta-feira, a tripulação perdeu o contato com o continente.

No momento, cinco viaturas da Marinha seguem procurando a embarcação próximo a costa do município de Cabedelo, na Paraíba, onde chove muito. Dos tripulantes que estavam no barco, três foram resgatados com vida e os outros cinco seguem desaparecidos.

De acordo com o agente da embarcação, a manutenção estava em dia e a carga não excedia o limite permitido.

Tags: Acidente Embarcação Fernando de Noronha
A+ A-