Zona Leste recebe 3º Centro de Enfrentamento à Covid-19 de Natal

Unidade será inaugurada nesta quinta-feira a partir das 13h, em Petrópolis.

Da redação,
A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), vai inaugurar nesta quinta-feira (13), a partir das 13h, o terceiro Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19 da capital potiguar, no Distrito Sanitário Leste. O Palácio dos Esportes, localizado no bairro de Petrópolis, na Rua Trairi, 516, será a sede no novo serviço, que atenderá de segunda a quinta-feira, das 8h às 16h, e às sextas-feiras, das 8h às 12h, os natalenses que apresentarem sintomas como febre, tosse ou dor de cabeça. 

Com atendimento médico, testagem SWAB e acesso a tratamento medicamentoso, caso seja prescrito pelo médico responsável, o terceiro Centro segue a mesma estratégia que já foi implantada no ginásio Nélio Dias, na Zona Norte, e no Centro de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), zona Oeste. 

“Os serviços de mais um Centro de Enfrentamento à Covid-19 vão ampliar a nossa rede de prevenção aos natalenses, uma estratégia adotada para que os índices de transmissão da doença permaneçam em queda em Natal”, afirma o prefeito Álvaro Dias. “Os centros já instalados nas zonas Norte e Oeste comprovam o acerto dessa estratégia. Agora é a vez da população da Zona Leste ter acesso aos atendimentos oferecidos pelo centro”.

O secretário de Saúde de Natal, George Antunes, ratifica a proposta de reforçar os serviços na atenção básica, com atendimento ainda nos primeiros sintomas que possam indicar um quadro sugestivo de Covid-19. “Dessa forma, estamos percebendo que há uma diminuição no agravamento dos casos confirmados, pois os pacientes passam por consulta médica, testagem swab e têm acesso à dispensação de medicamento de forma precoce", observa ele.

A Zona Leste apresenta uma onda constante de intensidade de registro de casos da Covid-19 na capital, de acordo com os boletins epidemiológicos divulgados semanalmente pela Secretaria Municipal de Saúde de Natal. O primeiro boletim, divulgado no dia 15 de abril, mostrava essa região com 31,9% dos casos registrados, sendo o segundo maior naquela ocasião. 

Nas semanas seguintes, o comportamento da onda de transmissão na área se manteve constante, com a região ficando sempre entre os três primeiros lugares entre os casos confirmados, como pode ser visto nos boletins disponibilizados no hotsite coronavirus.natal.rn.gov.br. Na segunda semana, por exemplo, o distrito registrou 31,79% casos confirmados em Natal; na semana seguinte, registrou 27,76% casos; e, na quarta semana, o distrito foi responsável por 27,96%, dos 651 casos contabilizados na capital. No mais recente boletim, disponibilizado no dia 10 de agosto, o distrito continua apresentando uma área de casos aglomerados elevada, principalmente nos bairros de Petrópolis, Tirol e Barro Vermelho.

Os pacientes devem apresentar CPF, Cartão SUS e comprovante de residência de Natal para receber o atendimento no Centro de Enfrentamento. A primeira etapa tem uma triagem com aferição de pressão, preenchimento de ficha e classificação de acordo com o quadro sugestivo de infecção do coronavírus. Na fase seguinte, é feita a consulta com profissional médico e definida a melhor estratégia para tratamento diante do caso clínico apresentado.

Tags: Natal
A+ A-