Semtas ampliou atendimento à população de rua durante pandemia com abrigos 24h

Objetivo é que esse público se mantenha em distanciamento e isolamento social.

Da redação,
Ascom/Semtas
População em situação de rua em Natal dispõe do Albergue Municipal e de outro abrigo criado durante a pandemia.

Durante a pandemia, a Prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), ampliou uma série de ações voltadas para a população em situação de rua. Foram instalados nesse período, quatro novos abrigos provisórios, para que esse público se mantivesse em distanciamento e isolamento social.

Os abrigos provisórios nas escolas municipais Celestino Pimentel e Santos Reis funcionam 24h. E a Semtas já trabalha para implementar um abrigo 24h definitivo, quando as aulas presenciais na rede municipal de Educação forem retomadas.

A população em situação de rua dispõe ainda do Albergue Municipal e de outro abrigo criado durante a pandemia, proveniente de termo de cooperação técnica com a Sociedade Espírita de Cultura e Assistência e a Casa Espírita Bom Samaritano. E para ampliar ainda mais esse acolhimento, a Semtas já age para manter esse trabalho pós-pandemia.

Na zona norte, foi firmada parceria com a Igreja Batista Independente Betel, para o fornecimento de alimentação (jantar) e espaço para a higiene dessas pessoas.
   
Além dos abrigos, a Semtas presta serviços para pessoas em situação de rua o ano inteiro. O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, e, atualmente, está atendendo aproximadamente 65 pessoas por dia.

Ao público-alvo do Centro Pop são oferecidos atendimentos socioassistenciais, espaço adequado para a realização da higiene pessoal, acesso à alimentação, espaço para guarda de pertences e lavanderia, entre outros.

Tags: abrigos população de rua Prefeitura do Natal Semtas
A+ A-