Prefeitura libera funcionamento de igrejas e templos religiosos em Natal

Município estabelece protocolos sanitários para reabertura dos templos na cidade.

Da redação,
Mapio.net
Paróquia de São Pedro, localizada no bairro do Alecrim. Prefeitura autorizou a reabertura das igrejas, mas com restrições sanitárias.

SELO-CORONA-100A Prefeitura do Natal concedeu a autorização para o funcionamento das igrejas no município a partir desta quarta-feira (8). A liberação para retorno às atividades dos templos religiosos foi publicado no Diário Oficial de hoje.

A autorização foi concedida mediante o cumprimento de protocolos sanitários estabelecidos no decreto municipal. A adoção das medidas definidas pela Prefeitura do Natal será fiscalizada pela Guarda Municipal.

Para liberar o retorno, a o decreto considerou o aumento da disponibilidade de leitos de UTI e em estado crítico na rede Municipal de Saúde, bem como a diminuição do número de atendimentos de casos com COVID-19 nas unidades de saúde deste Município, e, ainda, o índice de transmissibilidade menor que 1.

De acordo com o decreto, para funcionar, as igrejas terão que manter o distanciamento mínimo entre os presentes, que deverá ser de pelo menos 1,5 metro, com limitação de uma pessoa a cada 5m² da área do local, inclusive com controle de acesso na porta de entrada para estabelecer o limite máximo de público.

Com o intuito de evitar aglomerações e contatos mais próximos, o decreto estabelecer um limite máximo de 20 pessoas. As fileiras e bancos deverão sinalizar ainda o distanciamento mínimo a ser obedecido.

Caberá à administração da igreja ou templo religioso a higienização do local e o controle de acesso de pessoas, sendo proibido o acesso ou permanência de pessoas no local sem a utilização de máscara de proteção e prévia higienização das mãos com álcool 70º INPM – que deverá ser disponibilizado na por ta de acesso e em locais de circulação de pessoas.

Os locais de acesso ao público deverão ser higienizados no mínimo quatro vezes ao dia e todas as áreas devem ser mantidas ventiladas, com portas e janelas abertas sempre que possível, vedado o uso de ar-condicionado. As cantinas e similares existentes no interior das igrejas e templos religiosos deverão seguir todas as medidas sanitárias estabelecidas para o ramo de alimentação.

Tags: Natal Saúde
A+ A-