Guardas resgatam e pagam custo de clínica para salvar vida de cadela doente

Situação do animal doente sensibilizou os guardas municipais que resgataram o animal e de imediato o conduziram a uma clínica veterinária particular para tratamento de urgência.

Da redação, Prefeitura de Natal,
Agência Brasil
Foto Ilustrativa. A ação de preservação da vida tomada pelos agentes foi aplaudida pela corporação.

Uma guarnição da Ronda de Proteção Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Ropam/GMN) realizou nessa segunda-feira (18), o resgate de uma cadela que estava machucada e visivelmente debilitada trafegando dentro do Parque da Cidade do Natal. A situação do animal doente sensibilizou os guardas municipais que resgataram o animal e de imediato o conduziram a uma clínica veterinária particular para tratamento de urgência. 

A iniciativa dos guardas municipais Izaac Duarte e Domício Soares foi no sentido de cessar as dores e salvar a vida do animal que naquele momento estava necessitando de atendimento veterinário de emergência. Os custos de internação, exames e medicamentos chegaram a R$ 470,00, que foram arcados pelo GM Duarte. 

“Localizamos a cadela em uma das calhas de escoamento de água das chuvas entre o ponto C e D do Parque da Cidade. Tentamos dar água e comida, mas a cadela não reagia a nada. Então realizamos o resgate e a conduzimos a um hospital veterinário no bairro de Candelária onde a deixamos internada”, relatou o guarda municipal Duarte. 

A ação de preservação da vida tomada pelos agentes do Ropam/GMN foi aplaudida pela corporação, que se mobilizou doando valores para contribuir com os gastos empreendidos pelo GM Duarte na missão de salvar a vida do animal doente. 

Após o tratamento, a cadela vai ser encaminhada a Associação de Proteção e Bem-Estar Animal Amor de Quatro Patas, que cuida e intermedia a adoção de animais em situação de rua, abandono ou com debilidades. 

Tags: animal cão guarda municipal
A+ A-