Avenida Ayrton Senna será parcialmente interditada por 15 dias

Apenas uma faixa da via será interditada, a partir desta quarta-feira, ficando o tráfego liberado na outra faixa.

Da redação,
Assessoria de Comunicação Social – ACS
A interdição se dá para que sejam realizados os serviços de substituição da rede de cimento amianto por PVC.

Dentro da programação das obras de melhoria no abastecimento de água em Ponta Negra e Capim Macio, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai interditar parcialmente, pelos próximos 15 dias, trecho da Avenida Ayrton Senna, a partir da altura da Avenida dos Pinheirais, no sentido Parnamirim. Apenas uma faixa da via será interditada, a partir desta quarta-feira (19), ficando o tráfego liberado na outra faixa.

A interdição se dá para que sejam realizados os serviços de substituição da rede de cimento amianto por PVC. O esquema de desvio do tráfego está sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). Caso o serviço seja concluído antes desse prazo, a via será liberada logo em seguida.

AV-H2

PVC

Atualmente, a Caern está investindo R$ 10,2 milhões em substituição de tubulação de cimento amianto por PVC, para melhorar a rede no sistema de abastecimento da capital. As tubulações de cimento amianto são muito antigas e estão sendo substituídas por tubos de PVC a fim de garantir maior segurança no funcionamento do sistema. A renovação das canalizações vai reduzir perdas de água e prevenir desabastecimento provocado por vazamentos, comuns em redes e adutoras desgastadas pelo tempo.

As equipes estão trabalhando atualmente na Avenida Afonso Pena, em obra que vai beneficiar Tirol e parte de Petrópolis, e Capim Macio, substituindo redes do bairro e também de Ponta Negra, Pirangi e Neópolis. Na Afonso Pena, a obra deve ser concluída em novembro deste ano. Na Zona Sul da cidade, a obra deve ser concluída em janeiro de 2016.

Tags: Ayrton Senna Caern
A+ A-