Vítimas de massacre no Texas estavam todas na mesma sala de aula

Ataque é o mais mortal em uma década; 19 alunos e duas professoras foram assassinados.

Da redação, CNN Brasil,
Jordan Vonderhaar / Getty Images North America/ Getty Images via AFP
Enquanto o ataque acontecia, os policiais estavam circulando pela escola, quebrando janelas e tentando retirar crianças e funcionários.

Todas as mortes e ferimentos no tiroteio na Robb Elementary School em Uvalde, Texas, ontem (24), ocorreram dentro de uma sala de aula, de acordo com o tenente Chris Olivarez, porta-voz do Departamento de Segurança Pública do Texas.

O atirador barricou-se em uma sala, matando dois professores e 19 crianças”, disse Olivarez a John Berman e Shimon Prokupecz, da CNN. Ele acrescentou que isso “apenas mostra o mal completo deste atirador”.

Enquanto o ataque acontecia, os policiais estavam circulando pela escola, quebrando janelas e tentando retirar crianças e funcionários. Eles conseguiram, então, forçar a entrada na sala de aula onde o atirador estava, complementou o oficial.

Todas as vítimas foram retiradas, identificadas e suas famílias notificadas. Várias crianças ficaram feridas dentro da sala de aula, de acordo com Olivarez, mas não há um número exato neste momento.

“É uma sala pequena, você pode ter de 25 a 30 alunos lá, além de dois professores… Então não tenho o número exato de quantos alunos havia naquela sala de aula, mas pode variar. Era um ambiente de sala de aula típico, onde você tem grupos de crianças dentro daquela sala todos juntos, sem ter para onde ir”, avaliou o tenente.

Olivarez observou ainda que não houve perseguição com a polícia antes do atirador bater um carro perto da escola e, quando perguntado se a escola era um alvo, pontuou que ainda há “muitas perguntas sem resposta”.

“Estamos tentando determinar isso, é por isso que estamos trabalhando com o FBI agora para olhar para trás e ver se havia algum indicador, alguma bandeira vermelha, olhando para as redes sociais. O que sabemos sobre o atirador é que ele é residente aqui em Uvalde, frequentou uma das escolas secundárias locais, morava com os avós, estava desempregado, sem amigos, sem namorada que possamos identificar neste momento, sem antecedentes criminais, sem filiação a gangues também”, explicou.

Olivarez disse que o atirador tinha um rifle em sua posse quando entrou na escola, e as autoridades estão trabalhando para determinar que tipo de arma era e sua capacidade.

O atirador estava usando “um porta-colete tático sem painéis balísticos; então, normalmente, esse tipo de vestimenta é usado por equipes táticas, equipes da SWAT, onde eles podem colocar carregadores, munição extra dentro desses transportadores e poder se mover em uma formação tática”, adicionou.

O oficial acrescentou que a avó – a quem o atirador atacou antes – ainda está viva e as autoridades estão tentando localizar o avô e familiares.

Tags: atirador crianças Escolas Massacre massacre no texas professoras texas
A+ A-