Violações de direitos humanos são investigadas na Ucrânia

Grupo criado pela Organização das Nações Unidas chega hoje ao país e fica até o dia 16. Os três especialists vão visitar Kiev, Lviv, Kharkov e Sumy.

Da redação, Agência Brasil,
© Reuters/Marko Djurica/EBC
Guerra entre Ucrânia e Rússia teve início em 24 de fevereiro deste ano e obrigou 4,2 milhões de ucranianos a fugirem para países vizinhos.

Uma comissão de três especialistas, criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para investigar possíveis violações de direitos humanos durante a invasão da Ucrânia pela Rússia, chega hoje (7) ao país.

Composta pelo colombiano Pablo de Greiff, pelo norueguês Erik Mose e pela bósnia Jasminka Dzumhur, a comissão ficará no território ucraniano até 16 de junho.

Durante a viagem, a primeira realizada ao país que desde 24 de fevereiro é alvo de ofensiva militar russa, a comissão de peritos, sob a tutela do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, vai visitar Kiev, Lviv, Kharkov e Sumy, onde terá encontros com vítimas e testemunhas de abusos e violações de direitos humanos.

Os membros da comissão também vão se reunir com deslocados pelo conflito e com representantes do governo da Ucrânia, incluindo vários ministros, além de representantes da sociedade civil e de agências das Nações Unidas que operam no país.

Tags: Guerra Rússia Ucrânia
A+ A-