Produtos de limpeza 'podem causar asma', sugere estudo

Os produtos para perfumar o ar, limpar móveis e vidros estariam entre os que representam maior risco.

BBC Brasil,
BBC Brasil
Produtos em spray podem irritar as vias respiratórias, diz a pesquisa.
Usar produtos de limpeza em casa uma vez por semana pode ser suficiente para aumentar suas chances de ter asma, segundo uma pesquisa espanhola publicada no American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine

Já há pesquisas ligando o uso constante desses produtos à asma desenvolvida no trabalho, mas o mais recente estudo diz que o uso em casa também é uma ameaça.

Os resultados da pesquisa - que analisou 3,5 mil pessoas - indicam que o risco de desenvolver a doença aumentaria de acordo com a freqüencia da limpeza e o número de diferentes produtos usados.

Produtos para perfumar o ar, limpar móveis e vidros estariam entre os que representam maior risco.

Exposição a produtos de limpeza poderia ser a causa de até 15% dos casos de asma - ou um em cada sete adultos - segundo o estudo.

Em média, verificou-se um risco de desenvolver a doença entre 30% e 50% maior nas pessoas que usam regularmente esses produtos.

Os autores - do Instituto Municipal de Pesquisa Médica de Barcelona - dizem outros estudos são necessários para determinar o que está por trás dos resultados, mas afirmam que há a possibilidade de que produtos contenham elementos específicos que provocam a doença.

Victoria King, da organização britânica Asthma UK, concorda que novas pesquisas são necessárias, mas que "se sabe que perfumadores de ar e água sanitária podem dar início aos sintomas em pessoas que já sofrem de asma".

Um porta-voz da Associação Britânica da Indústria de Produtos de Limpeza disse que ainda não foi comprovado que o uso de produtos de limpeza causa asma.

A+ A-