Portugal impõe quarentena para quem chega de países de alto risco, como Brasil

Medida determina que viajantes devem ficar em isolamento por 14 dias.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Reuters
Governo de Portugal endureceu medidas restritivas após aumento de casos de covid-19 em toda a Europa.

SELO-CORONA-100Portugal reforçou os controles nas fronteiras terrestres, a partir desta quinta-feira (1º), com a obrigação de manter a quarentena por 14 dias para viajantes provenientes do Reino Unido, Brasil, África do Sul e países com incidência superior a 500 casos por 100 mil habitantes, como França ou Itália.

A medida vale a partir desta quinta-feira, quando entrou em vigor um novo período de 15 dias de estado de emergência, e vigorará pelo menos até 15 de abril. A fronteira terrestre com Espanha está encerrada desde o fim de janeiro e apenas são permitidos trabalhadores transfronteiriços e transporte de mercadorias, bem como a entrada em Portugal de nacionais ou estrangeiros residentes no país.

Até agora, esses cidadãos não tiveram que passar por nenhuma medida de controle sanitário, mas a partir de hoje são obrigados a entrar em quarentena se vierem de países considerados de alto risco. Para cruzar a fronteira, eles precisam preencher um formulário com seus dados, incluindo o endereço onde vão passar o período de quarentena.  

A medida também se aplica a viajantes do mesmo grupo de países que chegam de avião. O tráfego aéreo com o Reino Unido e o Brasil continua suspenso e para países com mais de 150 casos por 100 mil habitantes, apenas "viagens essenciais" são permitidas.

Todos os passageiros que cheguem a aeroportos de Portugal devem apresentar, independentemente da sua procedência, o teste PCR para a covid-19 com resultado negativo.

Na prática, os únicos dois países da União Europeia a partir dos quais as viagens não essenciais são permitidas são a Espanha e a Irlanda.

A fronteira terrestre com Espanha, no entanto, vai ser encerrada pelo menos durante a Semana Santa, embora o governo português tenha admitido que poderá ser reaberta após o período de férias, medida que ainda não foi oficialmente confirmada.

Portugal, que soma 16.848 mortes e 821.722 casos desde o início da pandemia, está em processo de definição e o Governo reúne-se esta quinta-feira para decidir se pode avançar para a segunda fase da redução a partir da próxima segunda-feira.

Tags: covid-19 países de alto risco pandemia Portugal quarentena viajantes
A+ A-