Mil empresas potiguares já foram incluídas no Simples Nacional

Cerca de 6 mil empresas pediram inclusão no Estado. Cinco mil ainda aguardam análise, ou apresentam pendências.

Wagner Lopes,
Apenas uma em cada seis empresas potiguares que pediram para ingressar no Simples Nacional já tiveram sua entrada no programa autorizada pela Receita Federal. Ainda assim, esse número já atinge 1.022 micro e pequenas empresas do Rio Grande do Norte.

O prazo para solicitar a participação no Simples Nacional se encerrou na sexta-feira (27), mas continua aberto para as novas empresas. Desde o início do ano, foram 6.243 pedidos, dos quais 4.656 em janeiro e 1.566 em fevereiro.

De acordo com o delegado adjunto da Receita Federal no Rio Grande do Norte, Paulo Guilherme de Alencar, os pedidos ainda não autorizados estão sob análise, pois apresentam alguma pendência.

Podem participar do programa microempresas e empresas de pequeno porte, com receitas de até R$ 2,4 milhões anuais. O Simples Nacional é um regime tributário diferenciado, simplificado e favorecido.

Os participantes podem fazer o recolhimento mensal, em um único documento de arrecadação, do IRPJ, IPI, CSLL, Cofins, contribuição para o PIS/Pasep, e para a Seguridade Social (cota patronal), ICMS e ISS.
A+ A-