Família real homenageia Diana, 10 anos após sua morte

Os príncipes William e Harry, ao lado do irmão de Diana, Charles Spencer, participaram ativamente da organização da homenagem.

BBC Brasil,
O décimo aniversário da morte da princesa Diana em um acidente de carro em Paris está sendo lembrado nesta sexta-feira (31) com uma série de eventos e serviços religiosos em toda a Grã-Bretanha.

Os príncipes William e Harry prestarão suas homenagens à mãe em um evento numa capela perto do palácio de Buckingham, em Londres, no qual também estarão presentes a rainha Elizabeth 2ª e o príncipe Charles – porém sua segunda mulher, Camilla, não comparecerá.

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, e o músico Elton John, que cantou durante o funeral de Diana, em 1997, também prestarão suas homenagens na capela em Londres.

Tony Blair, que era primeiro-ministro na época da morte da princesa e que cunhou o termo “princesa do povo” em um discurso, também comparecerá.

Outros eventos semelhantes ocorrerão em várias cidades britânicas, incluindo Manchester, Bristol, Aberdeen e Cardiff.

Harrods
O dono da loja de departamentos Harrods, Mohamed Al Fayed, cujo filho Dodi morreu no mesmo acidente que a princesa, colocará flores em um memorial construído para os dois em sua loja. A Harrods também observará dois minutos de silêncio.

Cerca de cem membros da família real, capitaneados pela rainha, participarão da homenagem de uma hora em Londres, prevista para começar às 12h (8h de Brasília).

Porém em um comunicado nesta semana, Camilla, mulher do príncipe Charles, disse que não comparecerá porque sua presença poderia “desviar a atenção do propósito da ocasião”.

Ela disse estar grata a Charles e a seus filhos pelo apoio que deram à sua decisão de não comparecer.

Os príncipes William e Harry, ao lado do irmão de Diana, Charles Spencer, participaram ativamente da organização da homenagem.

Buquês de flores
Admiradores da princesa Diana já começaram a depositar flores e cartões em frente aos portões do palácio de Kensington, sua antiga residência em Londres, repetindo os gestos após sua morte, em 1997.

Buquês de flores e lembranças também foram deixadas do lado de fora de Althorp, propriedade da família de Diana onde ela foi enterrada, e em Norfolk, onde ela nasceu.

A princesa Diana morreu no dia 31 de agosto de 1997, aos 36 anos, ao lado de seu namorado Dodi al Fayed, de 42, e do motorista Henri Paul quando o Mercedes em que viajavam sofreu um acidente num túnel em Paris.

A morte da princesa provocou uma demonstração sem precedentes de luto nacional, com centenas de milhares de pessoas se concentrando em frente ao palácio de Kensington para prestar suas homenagens e deixar um verdadeiro mar de buquês de flores.

Outras centenas de milhares acompanharam o a procissão do funeral da princesa uma semana após sua morte.
A+ A-