Bancos anunciam fundo conjunto de 75 bilhões de dólares nos Estados Unidos

O número de devedores inadimplentes cresceu nos EUA.

BBC Brasil,
Alguns dos maiores bancos dos Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira (15) a criação de um fundo conjunto de 75 bilhões de dólares com o objetivo de evitar os efeitos negativos da crise no mercado de crédito imobiliário de alto risco no país.

Com a medida, as instituições bancárias, incluindo o JP Morgan Chase, o Bank of America e o Citigroup, esperam ampliar a confiança dos investidores e evitar que a crise se intensifique.

A crise do subprime, o crédito imobiliário destinado a um público considerado com alto risco de inadimplência nos Estados Unidos, provocou no final de agosto vários dias consecutivos de baixas nas bolsas de valores de todo o mundo.

A intensificação da crise poderia ocorrer se as pessoas que ainda mantém investimentos atrelados ao subprime decidissem deixar essas aplicações, o que afetaria os lucros dos bancos e teria impacto na economia real.

Decisões

"Os bancos tomaram decisões nada sábias e agora estão procurando se salvar", disse Steve Persky, presidente da Dalston Investments, se referindo ao fato das instituições terem atrelado fundos de investimento ao subprime e estarem sofrendo os efeitos da crise.

A alta das hipotecas fez com que o número de inadimplentes do subprime crescesse muito. Mas até agora não está claro qual é o valor do rombo que a crise causou nos bancos, e por isso as instituições tem diminuído sua disposição em emprestar dinheiro.

O dinheiro do fundo conjunto dos bancos será usado para pagar essas dívidas, o que ajudaria a manter a tranqüilidade dos investidores, que sabem que os bancos têm dinheiro para pagar as dívidas.

Também nesta segunda-feira, um dos principais bancos de investimento do Japão, o Nomura Holdings, anunciou que está se retirando do mercado de hipotecas dos Estados Unidos, depois de ter amargado perdas de mais de 500 milhões de dólares.
A+ A-