Chuva segue prejudicando comerciantes das praias urbanas

Tempo ruim está afastando natalenses e turistas que estão em Natal para o carnaval.

Redação,
Júlio Pinheiro
Chuva deixa ambulantes e comerciantes de braços cruzados.
As chuvas freqüentes durante os dias de carnaval vêm prejudicando os comerciantes das praias urbanas de Natal. Os turistas e natalenses que poderiam usar o feriado para aproveitar a orla da capital estão preferindo outras programações, o que traz o prejuízo aos comerciantes.

Ambulante de praia há 17 anos, Sueldo Chagas lamenta as chuvas freqüentes e diz que vendas caíram quase pela metade com relação aos outros feriados. “Geralmente, tem muita gente que fica em Natal no carnaval e aproveita as praias. Mas com uma chuva dessa não tem como sair de casa, aí a gente não tem a quem vender”, queixa-se o ambulante.

Além dos ambulantes, os donos de quiosques também estão pessimistas para as vendas nos últimos dias de reinado de Momo. Francisco de Assis, que tem um ponto há nove anos na praia do meio, afirma que diminuiu até a mão-de-obra que será utilizada durante a segunda e terça-feira de carnaval.

“Eu trabalho com mais quatro garçons, mas não tem a necessidade de todos aqui com o movimento fraco. Dei folga a dois. Se a chuva não passar, não vou faturar quase nada”, prevê o comerciante.

De acordo com a Emparn, a segunda-feira deverá continuar com o tempo nublado e com pancadas de chuvas durante todo o dia. Péssima notícia para quem espera lucrar um pouco mais com o carnaval.
A+ A-