Rio Grande do Norte pode ganhar mais uma cadeira de deputado federal

Proposta que altera tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados foi aprovado na CCJ do Senado.

Diógenes Dantas,
Câmara dos Deputados/Divulgação
RN ganha uma cadeira de deputado. Se for confirmada pelo Congresso Nacional, a alteração vai resultar em mais três cadeiras de deputado estadual.

O Rio Grande do Norte está mais perto de ganhar mais uma cadeira de deputado federal. A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou ontem (5) o projeto que altera o tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados, em função da atualização da população de cada estado medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015.

“A proporcionalidade não é revista desde 1985. De lá para cá houve mudanças significativas no número de habitantes de cada ente federativo”, declarou o autor da revisão, senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA).

O total de deputados federais, 513, continua inalterado.

O Rio Grande do Norte deve ganhar uma cadeira de deputado. Se for confirmada pelo Congresso Nacional, a alteração vai resultar em mais três cadeiras de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Além do RN, Bahia, Ceará e Santa Catarina podem ganhar mais uma cadeira de deputado federal.

Pará, terra do senador Flexa Ribeiro, pode levar mais quatro deputados, e Minas Gerais e Amazonas devem ganhar mais duas cadeiras cada um deles.

Quem perde

O Rio de Janeiro pode perder três vagas na Câmara dos Deputados.

Rio Grande do Sul, Paraíba e Piauí devem perder duas cadeiras cada um.

Paraná, Pernambuco e Alagoas podem perder uma vaga cada um.

Os demais estados não mudam de tamanho na Câmara Federal.

Próximos passos

A matéria segue para votação no plenário do Senado e, se aprovada, será enviada à Câmara dos Deputados.

Na Câmara, a briga será de foice no escuro.

Tags: CCJ deputado federal IBGE Senado tamanho das bancadas
A+ A-