Governo do RN sanciona lei de autoria de Hermano que pune fura-filas da vacinação

Norma, publicada na edição do Diário Oficial desta quarta-feira, ainda estabelece o dobro da pena caso o infrator seja funcionário ou agente público.

Da redação,
Divulgação
Lei estabelece multa de R$ 10 a R$ 20 mil para quem furar a fila da campanha de vacinação contra a covid-19.

SELO-CORONA-100O Governo do Rio Grande do Norte instituiu a Lei nº 10.860, que estabelece multa de R$ 10 a R$ 20 mil para quem furar a fila da campanha de vacinação contra a covid-19.

A iniciativa da nova legislação é do deputado estadual Hermano Morais (PSB) e foi aprovada pela Assembleia Legislativa por unanimidade.

A penalidade será aplicada para a pessoa responsável pela aplicação da vacina, ou seu superior hierárquico, como também para a própria pessoa que se vacinou estando fora do grupo de prioridade estabelecido pelo plano de vacinação.

“O RN precisava dessa medida para pôr fim a uma conduta gravíssima, que coloca em risco a saúde das pessoas que têm vacinação prioritária por pertencer a grupos mais vulneráveis. A multa será um instrumento pertinente para tanto”, argumentou o parlamentar.

A norma, publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (31), ainda estabelece o dobro da pena caso o infrator seja funcionário ou agente público.

A multa será aplicada sem prejuízo civil ou penal, mediante procedimento administrativo pelo órgão estadual competente.

Tags: Assembleia Legislativa covid-19 fura-fila Hermano Morais lei sancionada multa vacinação
A+ A-