Caso Josiérica: namorado de universitária é condenado a mais de 18 anos de prisão

Após três dias de julgamento, Serafim Crisóstomo Júnior foi sentenciado por feminicídio, porte ilegal de arma e fraude processual.

Da redação,
Equipe Nominuto
Familiares da universitária assassinada protestam em frente ao Fórum de Monte Alegre, cobrando a condenação do acusado de cometer o crime.

Após três dias de um julgamento que parou a cidade de Monte Alegre, o empresário Serafim Crisóstomo Júnior, de 32 anos, foi condenado a uma pena de 18 anos, sete meses e 15 dias de reclusão por ter assassinado a namorada Josérica da Rocha Alves, de 23 anos, e simular um assalto para encobrir o crime, ocorrido na noite de 4 de junho de 2019, no município.

A sentença foi proferida no final da tarde desta quarta-feira (28) pela juíza Ana Paula Barbosa, da Vara Única da Comarca de Monte Alegre, após uma sessão de júri popular que teve início na última segunda-feira (26). Serafim Crisóstomo foi sentenciado à pena máxima pelo crime de feminicídio e ainda por fraude processual e porte ilegal de arma de fogo.
FaixaFeminicidioNaoCasoJosiericaMonteAlegre

A decisão foi bastante comemorada pela família da vítima, que se manifestou em frente ao fórum. O pai de Josiérica, Erinaldo Alves, disse estar bastante aliviado com a conclusão desse processo. “A gente sabe que nada vai trazer minha filha de volta, mas traz um alívio saber que o responsável por todo esse mal vai pagar pelo que fez”, comentou aos choros.

Caso-Josiérica-H

A prima de Josiérica, a advogada Janice Soares, pôde assistir toda a sessão e disse que foi muito difícil ouvir o que ela chamou de mentiras que foram proferidas por algumas testemunhas e do próprio réu. “Ele mentiu o tempo todo. Trouxe testemunhas para inventar álibi. Mentiu dizendo que amava minha prima, mentiu falando que nunca a maltratou e mentiu quando disse que não atirou. Mentiu o tempo todo desde o início de tudo isso que nossa família está passando, com ele indo para o enterro e para as missas de sétimo e trigésimo dia”, afirmou.

SerafimCrisostomoJuniorPoliciaPenal

A defesa de Serafim não concedeu entrevista, mas logo após a leitura da sentença declarou que iria recorrer do resultado.

Serafim Crisóstomo foi retirado do fórum antes mesmo de ouvir a decisão, por questões de segurança. Ele está preso desde está preso desde o dia 23 de julho do ano passado.

Tags: Caso Josiérica Feminicídio Justiça Monte Alegre
A+ A-