"Fornecedor tem que respeitar", diz especialista em Direito do Consumidor

Professora Liana Maia fez questão de ressaltar que o consumidor não deve abrir mão de seus direitos, mesmo diante das dificuldades.

Da redação,
Jovem Pan Natal
Professora Liana Maia, especialista em Direito do Consumidor , concedeu entrevista ao Jornal da Manhã, na rádio Jovem Pan Natal.

No dia em que se comemora o Dia Mundial do Consumidor, a professora e especialista em Direito do Consumidor, Liana Maia, falou sobre os avanços para o público e ressaltou a importância do consumidor não abrir mão dos seus direitos.

Liana lembrou que durante a pandemia muitas empresas foram obrigadas a avançar e se estabelecer no e-commerce o que gerou ônus e bônus, como a facilidade de comprar sem sair de casa. Contudo, a relação digital deixou os dados mais vulneráveis, já que toda a transação é feita pela internet.

Além disso, o fato de comprar os produtos sem “conhece-los” pode gerar transtornos para o consumidor, visto que alguns catálogos não apresentam a realidade do produto. Por isso, a especialista ressalta a importância do consumidor conhecer os seus direitos.

“Quando é feito uma compra a distância, em que ninguém está vendo, o consumidor tem direito de arrependimento, podendo se arrepender da compra em até sete dias, como aponta o Código de Defesa do Consumidor”, explicou Liana em entrevista ao Jornal da Manha, na rádio Jovem Pan Natal.

A professora destacou ainda a relevância de não abrir mão desses direitos mesmo quando os produtos forem de baixo valor.

“Você tá lutando por respeito independente do produto ter sido mais barato ou mais caro. O fornecedor tem que respeitar o consumidor, e o consumidor tem que internalizar isso. Na hora que eu deixo pra lá o meu direito ele fortalece o fornecedor”, disse.

Atualmente, os consumidores brasileiros podem registrar relações através do Procon de seu município, nos Juizados Especiais do Consumidor e no portal consumidor.gov, do Governo Federal.


Confira o vídeo:

Tags: Direito do Consumidor Economia Jornal da Manhã
A+ A-