George Antunes diz que Natal tem 885 mil habitantes e 1,5 milhão de cartões SUS

Secretário Municipal de Saúde informou que busca combater fraudes no cadastramento dos beneficiários.

Flávio Oliveira,
Reprodução/Jornal 96
Secretário Municipal de Saúde, George Antunes, disse que apresentou denúncia ao Ministério Público contra fraudes no cadastramento do SUS.

O secretário municipal de Saúde, George Antunes, afirmou na manhã desta quarta-feira (15), em entrevista para o jornalista Diógenes Dantas, no Jornal 96, que um dos grandes problemas que dificultam o atendimento à população de Natal é a quantidade de pessoas cadastradas na capital como beneficiárias do Sistema Único de Saúde.

“Nós temos 885 mil habitantes e temos um 1,5 milhão de cartões SUS emitidos. As pessoas vêm do interior, pegam o endereço de um conhecido, confeccionam o cartão como se morasse aqui para ter direito aos atendimentos aqui. Então quem tem que oferecer esses serviços é o município onde ela mora. Porque todos os municípios são gestores plenos”, explicou Antunes.

Para o gestor, esse número elevado acaba sobrecarregando o serviço prestado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), que são os locais para atendimento exclusivo dos usuários cadastrados na capital. Já em Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou em maternidades, o acolhimento do paciente independe de cadastro. “Unidade Básica, UPA de forma alguma. Se houver negativa de atendimento em Unidade de Pronto Atendimento ou maternidade, pode denunciar por omissão de socorro”, advertiu o secretário.

George Antunes disse ainda que pretende “agir fortemente” no combate às irregularidades neste tipo de cadastro no SUS, tendo inclusive já realizado uma denúncia junto ao Ministério Público. “Essa denúncia já está no Ministério Público, que está investigando essas fraudes”, informou.


Confira a entrevista na íntegra:


Tags: Jornal 96 Natal Saúde SMS
A+ A-