Fátima diz que espera chegada de 14 respiradores comprados pelo Governo

Equipamentos chegaram a ser retidos por imbróglio com o Ministério da Saúde.

Rafael Araújo,
Reprodução
Em entrevista ao jornal 96, Fátima Bezerra falou da aquisição de 14 respiradores mecânicos para o Estado do RN.

SELO-CORONA-100A governadora Fátima Bezerra disse hoje (29), em entrevista ao jornal 96, que está aguardando a chegada de 14 respiradores mecânicos para reforçar a rede estadual de saúde no combate a covid-19. Segundo a chefe do executivo estadual, os equipamentos chegaram a ficar retidos pela empresa porque o Ministério da Saúde centralizou a distribuição e a compra deles.

Os aparelhos foram licitados pelo Governo do Estado no valor de R$ 755.499,78 em um pregão eletrônico e a empresa havia suspendido a entrega devido a uma requisição administrativa do Ministério da Saúde para que toda a produção de um período de 180 dias fosse destinada à União.

Diante disso, a Procuradoria Geral do Estado entrou na Justiça para garantir o recebimento dos aparelhos e ganhou a causa na Justiça.

Juiz Magnus Augusto Costa Delgado, 1ª Vara Federal, determinou que a empresa Intermed Equipamento Médico Hospitalar entregue 14 respiradores mecânicos (ventiladores pulmonares) comprados pelo Governo do Rio Grande do Norte para o combate ao novo coronavírus.

Os aparelhos foram licitados pelo Executivo no valor de R$ 755.499,78 em um pregão eletrônico e a empresa havia suspendido a entrega devido a uma requisição administrativa do Ministério da Saúde para que toda a produção da empresa, em um período de 180 dias, fosse destinada à União. A Procuradoria Geral do Estado entrou na Justiça na segunda-feira (20) para garantir o recebimento dos aparelhos.

Tive que entrar na Justiça e ganhei. Ontem o juiz confirmou a decisão a favor do Rio Grande do Norte e estamos indo atrás dos aparelhos. Contudo, também precisamos de mais EPIs”, afirma Fátima Bezerra.


Confira a entrevista na íntegra:


Tags: Jornal 96
A+ A-