Sub-relatoria da CPI da Petrobras ouvirá empresário acusado na Lava Jato

Depoimento estava inicialmente marcado para o último dia 7, mas Rodrigues apresentou atestado médico e não compareceu.

Da redação, Agência Câmara,

A sub-relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras que investiga irregularidades na operação da Companhia Sete Brasil e na venda de ativos da estatal na África se reúne nesta quinta-feira (14), às 9h30, para tomar o depoimento do diretor de Operações e Participações da Sete Brasil, Renato Sanches Rodrigues.

O depoimento estava inicialmente marcado para o último dia 7, mas Rodrigues apresentou atestado médico e não compareceu. O diretor será ouvido a pedido do deputado Andre Moura (PSC-SE), que apresentou requerimento na CPI.

Suspeita de corrupção
A Sete Brasil tem contratos de mais de R$ 20 bilhões com a Petrobras e é investigada por pagamento de propina ao ex-diretor da estatal Renato Duque. No início do mês, uma decisão liminar da Justiça Federal em São Paulo determinou a suspensão temporária dos contratos de aquisição de navios sondas formalizados entre a Petrobras e a Sete Brasil, devido à suspeita de corrupção.

Na última quinta-feira, em mais de cinco horas de depoimento na CPI, o executivo Luiz Eduardo Guimarães Carneiro, presidente da Sete Brasil, disse que uma auditoria interna feita nos contratos da empresa não encontrou irregularidades. Para ele, se houve pagamento de propina, isso não se deu por meio dos contratos, mas fora da Sete Brasil.

Tags: Investigação LavaJato
A+ A-