Polícia Federal solicita imagens do navio para saber o que houve com turista mexicano

Jorge Alberto López Amores estava à bordo do cruzeiro MSC Divina e caiu no mar do Rio Grande do Norte.

Diário de Pernambuco,

A Polícia Federal em Pernambuco deu hoje (19) início às investigações sobre a suposta queda ao mar do turista mexicano Jorge Alberto López Amores (identidade divulgada pela agência de notícias CNN México) à bordo do cruzeiro MSC Divina, que teria acontecido no fim da tarde de ontem (18), no Rio Grande do Norte. A embarcação vinha de Fortaleza para o Recife. A PF solicitou as imagens das câmeras do circuito interno do navio na hora e local em que teria acontecido o acidente para esclarecer os fatos.

Os investigadores também pediram o livro de bordo do comandante com o relato do acidente. Caberá aos peritos criminais federais elaborar a perícia técnica do local onde o mexicano teria caído ou se jogado. Além disso, a polícia também terá acesso às contas de gastos e consumo do passageiro e fará uma vistoria no quarto.

Através de nota oficial, a PF informou que também vai reduzir a termo o depoimento do comandante do navio e das testemunhas que estavam próximo do passageiro ou presenciaram os fatos.

Roteiro

O MSC Divina saiu de Miami no dia 19 de maio e chegou a Salvador no dia 4 de junho, passou pelo Rio de Janeiro, Santos e atracou no Recife no dia 10 deste mês. No último dia 15, zarpou para Fortaleza e retornava para o Recife, onde a seleção mexicana joga contra a Croácia na próxima segunda-feira.

Tags: cruzeiro MSC Divina mexicano
A+ A-