MPF realiza cerimônia para devolução de valores recuperados pela Lava Jato

O valor é parte do que o ex-gerente de serviços da estatal Pedro Barusco admitiu ter desviado.

Da redação,
Ministério Público Federal realizou uma cerimônia para marcar a devolução de valores recuperados pela Operação Lava Jato.

A entrega simbólica de R$ 157 milhões à Petrobras foi feita na presença do presidente da companhia, Aldemir Bendine.

O valor é parte do que o ex-gerente de serviços da estatal Pedro Barusco admitiu ter desviado e prometeu devolver no acordo de delação premiada.

A conta bancária dos recursos recuperados já tem pouco mais de R$ 200 milhões - são esperados mais R$ 570 milhões a serem repatriados.

Ao discursar na cerimônia, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, repetiu várias vezes que as investigações ocorrem de maneira impessoal.

A fala foi vista como uma resposta ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que disse estar sendo investigado por uma querela pessoal de Janot contra ele.

A Força Tarefa que busca recuperar os recursos desviados na Petrobras conta com integrantes do Ministério Público, da Polícia, da Justiça e da Receita Federal, além de um grupo da própria companhia.
Tags: mpf
A+ A-