Marinha investiga causa do incêndio em barco no porto de Natal

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte tem um prazo de 90 dias para concluir as investigações.

Da redação,
Corpo de Bombeiros
De acordo com o Corpo de Bombeiros, praticamente todas as guarnições foram utilizadas para controlar as chamas, trabalhando ininterruptamente por mais de oito horas.

A Marinha do Brasil vai investigar as causas do incêndio que atingiu um barco no Porto de Natal. Segundo nota do comando do 3º Distrito Naval, a Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte tem um prazo de 90 dias para concluir as investigações.

O incêndio começou por volta das 23h de ontem. De acordo com o Corpo de Bombeiros, praticamente todas as guarnições foram utilizadas para controlar as chamas, trabalhando ininterruptamente por mais de oito horas.

Foram utilizados três carros pipa (Marinha, Caern e um Particular) com revezamento de abastecimento entre eles. Segundo trabalhadores, o barco estava com mais de 50 toneladas de pescado.

O prejuízo estimado é de R$ 6 milhões. De acordo com o Corpo de Bombeiros ninguém ficou ferido.

Tags: matrinha
A+ A-