STJD define nesta segunda futuro da Portuguesa

Lusa vai a julgamento por escalar jogador irregular; se for punida, será rebaixada no lugar do Fluminense.

Portal da Band,

heverton_lusa_370A bola parou de rolar no Brasileirão há oito dias, mas o Campeonato Brasileiro continua em disputa nos tribunais. Nesta segunda-feira (16), a partir das 17h, o STJD julgará as denúncias contra a Portuguesa e o Flamengo, que teriam escalado irregularmente jogadores na última rodada.

As duas equipes correm o risco de perder quatro pontos em caso de punição. Se isso acontecer, a Portuguesa iria para a Segunda Divisão e livraria o Fluminense. O Flamengo, mesmo assim, escaparia.

A Lusa será a primeira a ser julgada e usará como principal argumento da defesa o fato de o clube não ter agido de má fé na escalação do meia Heverton, que entrou a 15 minutos no fim do empate sem gols contra o Grêmio. “Foi um erro ingênuo na escalação”, informou Felipe Ezabella em entrevista à Rádio Bandeirantes. 

Os advogados do Flamengo manifestaram apoio à Portuguesa e entrarão como terceiro interessado no julgamento. O Flu, que pode se beneficiar da situação, também entrará como terceiro interessado. Só não informou se apoiará a Lusa ou defenderá sua permanência na Série A.

A tendência é o julgamento não acabe nesta tarde e vá para segunda instância, no Pleno do STJD, aconteça perto do Natal. No caso do Flamengo, o jogador supostamente escalado irregularmente foi André Santos.

A+ A-